Submarino.com.br
Ipsis Litteris Rotating Header Image

Remakes #1: Cat People

Cat+peopleposter020

Em A Marca da Pantera, Cat People, de 1982, Paul Schrader escolheu Nastassja Kinski para o papel de Irena, a mulher-felino, porque a considerava a mulher mais sensual do mundo. E devia ser mesmo. Nastassja, então no delicioso apogeu de sua beleza – já exposta em Tess, de Polanski, e em O Fundo do Coração, de Copolla -, fez muito marmanjo tomar banhos prolongados, mesmo sendo uma literal devoradora de homens.

Quarenta anos antes, Jacques Tourneur filmava Sangue de Pantera, Cat People, com Simone Simon fazendo o papel da sérvia mulher-gato amaldiçoada, cuja excitação sexual provocaria em si mesma a letal metamorfose: transformada em pantera, devoraria o parceiro. Sexo e morte dividindo o mesmo plano – algo que faz muito psicanalista esfregar as mãos de animação.

Se em Sangue de Pantera a questão psicológica foi explorada – a personagem de Simone Simon sabe que é amaldiçoada e tenta conter o próprio tesão -, no filme de Paul Schrader Nastassja Kinski é informada de sua maldição pelo irmão incestuoso (Malcolm McDowell, sempre excelente) que quer, a todo custo, levá-la para a cama. As cenas que fazem juntos são o que há de melhor no filme. A Marca da Pantera é mais ágil, a história é mais veloz, mas algo existe em Sangue de Pantera que não se apresenta na outra película: a economia. Se se pode afirmar que em literatura saber ser econômico é uma virtude, em cinema se pode dizer o mesmo.

Cat+people1

Jacques Tourneur não funde mulher e bicho. Sugere a fusão, indica que algo (que o espectador não vê) acontece, que a maldição bolina a heroína quando ela menos espera, atiçando-a. Sim, é o sexo, que pede para ser realizado a qualquer preço, mesmo que ele – o preço – seja alto. Economia é sugestão, claro, mas não só.

Pode-se economizar nos diálogos, nos trejeitos, nos esgares, na própria história em si, que, em cada filme, é contada de acordo com a época à qual pertence, com seus símbolos e alusões. Tourneur soube fazer isso melhor que Schrader: foi na contramão, e acertou a mão. Em seu filme, quanto menos sexo, melhor.

 

25 Comentários on “Remakes #1: Cat People”

  1. #1 Antonoly
    on Mar 8th, 2008 at 6:51 am

    Esse, sem sombra de dúvidas, é um excelente filme, que vale sempre a pena rever. Já o ví umas 3 vezes e com certeza o veria mais outras 3 rsrsrrsrs…

    Reply

  2. #2 Will
    on Mar 8th, 2008 at 6:53 am

    Pô, interessante…quer dizer então que um apela mais pro sexual e outro pro sensual (sugestão)?
    Bom saber.
    Não vi nenhum dos dois filmes, mas se tem a Nastasha Kinski já vale o ingresso. vi um filme dela chamado Os Amantes de Maria, viu? Excelente, obra-prima…ela está linda, como sempre.
    Até se casar com Quincy Jones…aí danou-se!
    Bração.

    Reply

  3. #3 Johnny M.
    on Mar 8th, 2008 at 12:18 pm

    Eu já falei sobre a A Marca da Pantera no meu blog ano passado, quando eu estava começando a blogar e o Cão ainda não tinha direção certa, eu apontava e atirava para todos os lados. Esse filme marcou minha infância. Nastassja estava linda como nunca e a cidade de New Orleans, tropical, sensual, é quase que um personagem também. Há muito muito tempo não o vejo, mas lembro das cenas muito bem, sobretudo de Nastassja algemada à cama.

    Reply

  4. #4 ED CAVALCANTE
    on Mar 8th, 2008 at 5:03 pm

    cara, eu já vi esse filme na locadora na prateleira dos Trashs, não loquei por isso. Pelo resumo acima, vou reconsiderar!

    Reply

  5. #5 MindLess
    on Mar 8th, 2008 at 5:06 pm

    Parabens

    deixou-me instigado para ver esses filmes que eu nem sabia que existia
    :)

    Reply

  6. #6 Martins
    on Mar 8th, 2008 at 5:24 pm

    Eu acho que blog tem que ter humor, blog só de textos não atrai muitos visitantes. Essa é uma opinião minha, não estou dizendo seu caso. Meu blog era só texto, mas acora eu mudei para mais fotos, imagens e muito humor. Ahh e aproveitando a descida, da uma passadinha no meu blog, tenho certeza de que vai gostar: http://cativagoogle.blogspot.com/

    Boa sorte e até mais!!

    Reply

  7. #7 gislaine matias
    on Mar 8th, 2008 at 5:29 pm

    nossa otimo post
    agora fiquei com vonade de saber mais
    vc me deu uma otima dica de filme
    valew
    bjux°

    Reply

  8. #8 FELLIPE NASHTON
    on Mar 8th, 2008 at 8:39 pm

    Já estou louco p/ver esse filme!
    Bem, sou cinéfilo….já tinha ouvido falar algumas coisas sobre,mas nada bem detalhado…bem depois desse comentario quero muito ver A Marca da Pantera…pela Nastassja Kinski lógico!..mas também pelo Malcolm que desde Laranja Mecanica p/mim é um dos melhores atores da Humanidade…

    Adorrei seu Blog-Virei aqui mais vezes!E estou louco p/ ver Cat People!

    Reply

  9. #9 Antonoly
    on Mar 8th, 2008 at 9:16 pm

    Admiro muito o trabalho do Malcom McDowel, que considero um excelente Ator, sendo que na minha opinião, o filme em que ele mais se destacou foi “Laranja Mecância”, um verdadeiro clássico do Cinema mundial.

    Reply

  10. #10 Geovana
    on Mar 8th, 2008 at 9:48 pm

    Não vi nenhum dos dois filmes mas Bnequinha de Luxo é um luxo…adorei a dica de filme da semana.
    Vc sabia, Grijó, que fico esperando a quinta-feira (é na quinta, né?) só pra ver qual filme, livro e disco vc vai colocar na barra lateral? rsrsrs…adoro.
    Mas vou pensar se vejo essa pantera aí…bjussssssss

    Reply

  11. #11 Fernando
    on Mar 8th, 2008 at 9:51 pm

    Ver Nasstassia Kinsky nua não tem preço…ela é maravilhosa.
    E o bom desse filme é que ela nao está loura.
    Fui lá no google ver quem é Simone Simon (não conhecia, confesso).
    Não chega nem aos pés de Nastassia.
    Pode ser sensual…aliás, acho que é…mas…

    Reply

  12. #12 Anonymous
    on Mar 8th, 2008 at 11:07 pm

    Não vi, não assisti e não tem na filmacoteca do papy, mas vá lá…

    Tem quem vá…”Preferir a pantera ao anjo, condensar o vago em preciso ” ( João Cabral de Mello Neto ).

    Nanda**
    PS. ah…obrigada pela adc.

    ———————————–

    Reply

  13. #13 MaxReinert
    on Mar 8th, 2008 at 11:24 pm

    Pois… eu ví esse filme quando era bastante novo… e não entendi muitas das coisas que estavam por alí… uma boa dica para rever!!!

    Reply

  14. #14 Everaldo Ygor
    on Mar 9th, 2008 at 1:23 am

    Ola…
    Esse ai eu assisti… Um filme onde a pantera deixou sua marca sensual por aqui, ou melhor povou a mente de desejos de muitos na época…
    - A Marca da Pantera, com Nastasha Kinski ao ver me apaixonei por Natasha…
    Abraços
    Everaldo Ygor
    http://outrasandancas.blogspot.com/

    Reply

  15. #15 Arthurius Maximus
    on Mar 9th, 2008 at 6:48 am

    Devo confessar, era apaixonado por ela… maravilhosa. E o filme foi fantástico.

    Reply

  16. #16 caio arroyo
    on Mar 9th, 2008 at 1:14 pm

    Nao assisti esse filme, e olha que assisto muitos filmes, com certeza depois de ler teu texto vou ver.Alias eu conhecia a musica e gosta dela, e nao sabia do filme, um absurdo!

    Reply

  17. #17 Fernanda Miranda
    on Mar 9th, 2008 at 1:22 pm

    É meio difícil comentar este post sem ter visto o filme, pq mesmo lendo teus comentários, não dá pra se ter idéia sem ver, mas fica a dica e vou ver se assisto.
    Bjaum e bom domingo.
    Fernanda Miranda (COTIDIANO ATIVO)

    Reply

  18. #18 Conquistadores (Didixy)
    on Mar 9th, 2008 at 8:02 pm

    David Bowie canta muito. Nunca tinha ouvido essa música dele,mas eu curti muito,

    abs

    Reply

  19. #19 Everaldo Ygor
    on Mar 9th, 2008 at 9:49 pm

    Olá…
    Revisitando por aqui…
    ouvindo Cat People tranquilamente…
    Apreciando o Gonsales.
    Abraços
    Everaldo Ygor
    http://outrasandancas.blogspot.com/

    Reply

  20. #20 Milton Ribeiro
    on Mar 10th, 2008 at 3:28 am

    Uia! Já aqui?

    Seja bem-vindo!

    Reply

  21. #21 MARVELous
    on Mar 10th, 2008 at 3:49 am

    Ah, Nastassja…a filha dela é uma coisa de louco tb.

    Reply

  22. #22 Biajoni
    on Mar 10th, 2008 at 1:40 pm

    são dois filmes diferentes, né?, o do tourneau e do schrader.
    o do schrader é da época que ele ainda tinha tensões religiosas, antes de se interessar por rodrigo santoro e kickboxer.
    :>)

    Reply

  23. #23 Grijó
    on Mar 10th, 2008 at 5:10 pm

    Mais ou menos por aí, BiaJoni.
    Antes de se entregar.

    Paul S. ainda tinha aquela visão meio tortuosa da vida.

    Reply

  24. #24 Henrique Felippe
    on Mar 14th, 2008 at 8:54 pm

    Que música ótima… e o filme não assisti, ainda!!! Uma ótima indicação…. e pra vc ver, até em prateleira de trash já foi parar(como o post do colega acima)… Vou procurar…

    Abraços,
    Henrique
    Vai Vendo…
    http://henryfelippe.blogspot.com/

    Reply

  25. #25 Francisco Campos
    on Apr 7th, 2008 at 3:25 pm

    Apesar disso, o filme de Paul Schrader dá de dez a zero em muitos filmes gore que rolam por aí… Há uma tensão constante e a violência, quando explode, é sempre surpreendente!

    Reply

Deixe um comentário